O IMPORTANTE PAPEL DO RH
O IMPORTANTE PAPEL DO RH

O IMPORTANTE PAPEL DOS RECURSOS HUMANO NAS ORGANIZAÇÕES

 

Por Marilia da Silva Oliveira Lima

 

Diante das diversas mudanças do mercado desencadeadas pela globalização e o desenvolvimento tecnológico, as empresas para ganhar destaque e vantagem competitiva focam na qualidade valorizando mais seus clientes, e assim consequentemente detectaram a necessidade de dar uma maior relevância ao seu patrimônio intelectual humano, ou seja, aos seus funcionários, hoje chamados até de colaboradores por algumas empresas.

 As organizações passaram a ter a visão de que um funcionário satisfeito produz com maior eficiência e eficácia. A função dos recursos humanos na organização é de extrema importância, visto que, o empregado necessita sentir-se seguro na empresa que se encontra, para assim desempenhar suas atividades com maior tranquilidade.

As empresas buscam seu destaque e diferencial através da melhoria na gestão de pessoas. É o RH que vai fazer o recrutamento do funcionário, treinamento, mostrar a documentação necessária para sua admissão ou demissão, isso mais voltado para o departamento pessoal, que também está dentro do RH, onde o mesmo desenvolve uma atividade importante para empresa, evitando futuros transtornos tanto para empresa, quanto para o empregado, principalmente ao que se diz respeito aos direitos trabalhistas.

Será que as empresas de micro e pequeno porte, possuem RH? A atividade considerada de departamento pessoal geralmente é desenvolvida por um contador, onde ele faz os cálculos de salários, impostos, entre outros, e o recrutamento, seleção, admissão, entre outras atividades é feito por algum gerente ou até mesmo pelo próprio dono.

Não há impedimento que a função do RH seja exercida, embora sejam empresas de micro e pequeno porte, cabe ao próprio dono ou gerente criar estratégias para motivar seus funcionários, como o melhoramento do ambiente de trabalho, um exemplo é um banheiro de qualidade, ou até mesmo uma atenção pessoal, como lembrar do aniversário expondo um lembrete no mural da empresa. Com pequenos detalhes pode-se adquirir uma confiança valiosa, trazendo assim uma relação harmoniosa entre o empregado e a empresa.

 A gestão dos recursos humanos não tem apenas o papel de recrutamento, admissão, demissão, mas também de mostrar para os funcionários que a empresa onde se encontram é boa para seu crescimento pessoal, dando ênfase na valorização do ser humano, e que merece o empenho de todos para o seu desenvolvimento, é deixar claro para eles que a empresa cresce, se eles crescerem juntos, promovendo o progresso de ambas as partes.

As empresas estão cada vez mais exigentes quanto ao perfil e qualidade dos profissionais que se encontram e inserem nas mesmas, e percebem a necessidade do melhoramento contínuo desses profissionais. É a visão futurista, valorizando o capital humano da empresa e enfatizando sempre o bem-estar dos funcionários. Ou seja, hoje o departamento de recursos humanos além de desenvolver suas atividades de praxe, busca também a criação de estratégias para o desenvolvimento e uma excelência na gestão de pessoal.

Segundo Chiavenato (1999, p. 413) “os recursos humanos apresentam uma incrível aptidão para o desenvolvimento, que é a capacidade de aprender novas habilidades, obtendo novos conhecimentos e modificar atitudes e comportamentos”.

O capital humano passou a ter uma maior importância do que os patrimônios: Físico e financeiro, pois para alcance de seus objetivos, as organizações adotam uma relação de troca entre seus funcionários, assim deixando de lado aquele velho método do autoritarismo.

Enquete
O que você acha do curso de Administração?
Bom!
Regular!
Péssimo!
Ótimo
Ver Resultados




ONLINE
1





Partilhe este Site...